Analytics

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Viajando sem Lactose: Gramado - RS

Oi Pessoal,

Nos últimos dias eu tirei uma folguinha e fui passear um pouco na serra gaúcha, basicamente Gramado, Canela e Bento Gonçalves. 

Já tinha ido à Gramado duas vezes, com meus pais lá em 1900 e guaraná com rolha, quando eu tinha uns 12 anos, e há uns 4 anos com meu namorado. Na primeira visita eu nem sabia o que era intolerância à lactose e nem qualquer outra restrição alimentar (embora eu já passasse mal vez ou outra sem saber o que me fazia mal) e me esbaldei em todos os cafés coloniais, sopas de capeletti, chocolates e tudo mais que eu tinha direito. Na segunda visita, eu já sabia da minha IL, mas era uma intolerância moderada, sem cometer exageros e com a ajuda de algumas cápsulas de lactase foi tudo tranquilo e eu consegui até comer fondue e provar alguns chocolates.

Mas como nem tudo são flores, dessa vez eu fui viajar na seguinte situação: com restrição de lactose, de glúten e ainda passando mal com uma certa frequência mesmo sem consumir nenhum dos dois. Vocês podem pensar que foi uma péssima ideia, mas com um pouco de planejamento, além de, claro, boa vontade das outras pessoas que estão viajando junto, tudo pode dar certo.


Marmita pronta e bora passear por aí! =)

Eu vou listar aqui alguns locais onde consegui comer com segurança e alguns outros 'truques' que usei para aproveitar a viagem.


Onde Comer

Restaurante Nonno Mio
É indicado pela Acelbra do RS como um lugar seguro para comer sem glúten. A especialidade deles é o galeto (embora haja também vários outros pratos), eles oferecem a opção de massa de arroz e foram bem atenciosos quando perguntei também sobre a presença de lactose nos pratos e me indicaram os molhos que eu poderia comer.
Comi lá uma salada de folhas verdes com codorna assada de entrada e como prato principal fui no galeto com massa ao molho sugo e polenta. Ambos estavam deliciosos!


Jantar no 'Nonno Mio'

Restaurante Fornace di Luiggi
http://pt-br.facebook.com/pages/Fornace-di-Luiggi/345712058849435
Estive lá com meu namorado na visita que fiz à Gramado há 4 anos e comemos um prato delicioso, o "Filé à Lord com Bacon", que é um filé enrolado com bacon e um molho de damasco e ameixas com o qual sonhamos durante esses 4 anos. No primeiro almoço em Gramado nessa nova visita voltamos para comer o mesmo prato e não nos decepcionamos. Além do filé, vem uma salada gigante e linda e os acompanhamentos originais são arroz, abobrinha grelhada, polenta com parmesão e batata assada com catupiry, mas o Luiggi, que nos atendeu e é o dono do restaurante fez o super favor de servir nossa polenta e batata sem os queijos, e me explicou que o molho não tinha nada de leite nem derivados.
Apesar de eu não estar comendo glúten, eu não estou restringindo a contaminação cruzada. Nesse restaurante são servidos massas com glúten, então para quem é celíaco, teria que verificar com eles se há possibilidade de fazer um prato seguro.

Filé à Lord com Bacon do 'Fornace di Luiggi'


As minhas dicas de restaurantes infelizmente param por aqui, dessa vez eu fui mais conservadora e não arrisquei os fondues de queijo ou chocolate, mas não pare de ler porque ainda tem várias dicas preciosas aí em baixo. 


Onde Ficar

Como eu disse, eu estou numa fase meio ruim e ando passando mal às vezes, mesmo sem consumir nada de lactose ou glúten, por esse motivo dessa vez optei por ficar em um flat ao invés de ficar em hotel, assim eu poderia preparar meu próprio café da manhã, alguns lanchinhos para levar e comer ao longo do dia e também comer uma comida mais leve em alguns dias da viagem. Inclusive essa estratégia de escolher lugares que me permitam preparar algumas comidas eu já usei várias vezes (seja um flat, um albergue com cozinha coletiva ou uma pousada menor com a cozinha acessível). Levar lanches para comer ao longo do dia além de economizar um pouco, é muito mais seguro para nós intolerantes do que ficar beliscando por aí.

Condomínio Residencial Bugannvillias Flat
http://www.booking.com/hotel/br/condomanio-buganvilias-flat.pt-br.html
É um apartamento muito bonitinho e bem decorado. São 2 quartos, um banheiro espaçoso com um chuveiro bom (com água bem quente, o que é muito importante! hehehe), uma sala de estar com uma adorável lareira, uma cozinha americana pequena mas bem equipada junto com uma salinha de jantar.
Tem mercados próximos onde compramos os legumes, frutas, ovos e outras coisinhas para comer no café da manhã, levar de lanche e até para jantar.

Aproveitei o friozinho e a cozinha disponível para fazer uma sopa de legumes em um dos dias e comer um fondue de chocolate sem lactose e sem glúten já pronto que é só esquentar no microondas (da marca Nugalli) que, por coincidência, achei para comprar poucos dias antes de viajar e taquei na minha mala porque já sabia que não poderia comer fondue nos restaurantes.

Noite de fondue em "casa"
Café da manhã (o queijo foi só pro namorado) e sopa de legumes para o jantar.

Hotel Pousada Blumenberg
http://www.hotelblumenberg.com.br/servicos.html
Foi a pousada onde fiquei há 4 anos e após já ter reservado o flat acima, ao procurar locais para comer na região, eu descobri que esse hotel oferece café da manhã com quitutes sem leite e sem glúten, além de opções para diabéticos sem nenhum custo adicional, basta solicitar o café da manhã especial na reserva.
O local é muito bacana e eu tinha pensado seriamente em voltar nele dessa vez, mas como eu não tinha visto essa opção de café especial, a questão da disponibilidade da cozinha acabou ganhando a briga.


Onde Comprar Chocolates

Bom, pensar em Gramado é quase sinônimo de pensar em chocolates! Como eu não estou comendo muito e já tinha visitado algumas lojas anteriormente, esse não foi o foco da viagem dessa vez, mas ainda assim aproveitei para dar uma olhadinha nas lojas e descobrir quais delas oferecem opções sem lactose e sem glúten.

Florybal
São várias lojas espalhadas pela cidade e tem inclusive um parque temático chamado "Terra Mágica Florybal" (não visitei então não sei dizer se vale a pena).
Lá encontrei chocolates amargo e meio amargo sem adição de leite e chocolate de soja. Provei esse último na loja e achei gostoso apesar de não ser muito fã de soja, o sabor é muito leve e acho que se eu não soubesse que era de soja provavelmente não perceberia, mas acabei comprando os amargos e meio amargos mesmo porque sempre foram os meus preferidos, mesmo antes da IL.


Compras na Florybal, chocolates sem lactose e sem glúten


Caracol
Na Caracol encontrei alguns chocolates amargos sem leite, infelizmente continham glúten então acabei não comendo, mas se me lembro bem os chocolates dessa marca eram muito gostosos.

Atualização em 13/08: A leitora Karen Baciuk comentou que seu filho e uma outra conhecida que tem IL passaram mal ao comer os chocolates sem lactose da Caracol. Então, apesar de eles não terem leite na composição, pode ser uma boa ideia não ir com muita sede ao pote. ;)

A cidade tem muitas, muitas marcas de chocolates e eu não reparei em todas, então pode ser que existam ainda outras opções.


Onde Comprar Produtos Sem Lactose e Sem Glúten

Bom, é preciso um pouquinho de planejamento para viajar com tranquilidade e exatamente por isso minha humilde mala saiu de Vitória recheada de biscoitos, barrinhas de cereal, frutas secas e castanhas. Passar fome é o maior perigo! A gente perde a noção e acaba arriscando comer alimentos suspeitos. 
Mesmo assim, antes de ir procurei os locais que vendem produtos sem lactose e sem glúten na região e achei essas indicações da Acelbra-RS:


1 - Em Canela:
- Natural Mente - Rua Fernando Ferrari, 25, na rótula da João Pessoa com Júlio de Castilhos Centro - Telefone: (54) 3282-0486 / 9183-9510
2 - Em Gramado:
- Magia Natural - Rua Theobaldo Fleck, 107 – Sala 03 – Centro
- Cantinho da Saúde - Pç Major Nicoletti 23 S 3 – Centro
- Demetra Orgânicos – R. Euzébio Balzaretti, 582, loja

A humilde mala de ida, mais comida do que roupa!

Eu fui na Magia Natural e encontrei muita coisa boa e com preço bom. Os produtos da Bem Nutrir e da Aminna, que eu adoro, são bem mais baratos lá do que aqui no ES ou em MG porque as empresas são do sul. Reabasteci meu estoque de pão sem glúten antes de seguir viagem para Bento Gonçalves e ainda comprei uma pastinha de manjericão bem gostosa.

Espero que as dicas sejam úteis para quem for viajar! E quem já foi e tem outras dicas, fique a vontade para comentar, é sempre bom descobrir novas opções.

=)

7 comentários:

  1. Obrigada. Meu marido tambem tem intolerancia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que a informação foi útil, Margarete.

      Abraço!!!
      =)

      Excluir
  2. Ótimo post!

    Tu chegou a ir em alguma cafeteria daquelas legais que tem lá?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Fabio,

      Que bom que você gostou.
      Nessa viagem eu não cheguei a comer aqueles cafés coloniais super fartos porque eu não estava querendo arriscar muito. Nas únicas cafeterias que fui, eu fiquei só no chá mesmo.

      Excluir
    2. Descobrimos mais dois locais sem glúten e lactose em Gramado:
      Uma Creperia, num vagão de trem. Fazem crepes sem gluten e lactose
      https://www.facebook.com/estacaodocrepelagare?fref=ts

      E um restaurante em frente ao Nonno Mio, chamdo Malbec que serve grelhados e parrilas http://www.tripadvisor.com.br/Restaurant_Review-g303536-d3730981-Reviews-Malbec-Gramado_State_of_Rio_Grande_do_Sul.html


      Excluir
  3. Beatriz Miranda, muito obrigada pelas dicas. O chocolate da Florybal sem lactose é realmente uma delília e bem leve. Confirmou minha idéia de levar biscoitos na mala. A dica do Fabio Tust também foi excelente. A Creperia La' Lagare foi uma opção que me salvou por várias vezes. Vocês ajudaram muito. Muito obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anna Karine,
      Que ótimo que você curtiu bastante sua viagem à Gramado com as nossas dicas!
      Caso tenha encontrado algum outro local ou tenha alguma dica bacana, compartilhe com a gente também.
      Abraço ;)

      Excluir

Posts Relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...