Analytics

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

LacfreeBox

Oi Pessoal,

Quem quer notícia boa para começar a semana? \o/ 
Além da boa notícia, ainda tem presentinho no final do post! =)

Vou contar para vocês minha experiência com uma novidade no mercado que é super prática: a Lacfree Box. Algum dia você já imaginou receber periodicamente, em casa, produtinhos lindos sem lactose ou mesmo totalmente livres de leite? Pois é, isso já é possível, meus amigos.


Os serviços de assinatura mensal tem se popularizado bastante no Brasil ultimamente e a proposta é realmente muito interessante: pagando um valor fixo mensal a pessoa recebe em casa itens selecionados dentro da proposta da sua caixinha (já vi assinatura de comida, vinho, cerveja, livros e até de brinquedos de cachorro =D).  

Já existiam algumas caixinhas mensais legais, mas nenhuma delas garantia que 100% dos alimentos enviados seriam sem lactose (o foco era atender outros públicos), então eu ainda não havia pedido nenhuma, mas recentemente foi criada uma caixinha mágica pensada exatamente nos intolerantes à lactose e alérgicos ao leite, e eu tive o prazer de receber desde a primeira edição. 

Estou no meu terceiro mês de Lacfree Box e é oficial: gostei e facilita muito a vida. Palavra de quem se sentiu num oásis ao receber uma caixinha dessas em meio à uma semana louca de mudança de apartamentos e totalmente sem cozinha para resolver a vida. 

Achei que vem bem recheada e eu observei algumas coisinhas que me deixaram feliz:

- Tem itens prontos para consumir (snacks, biscoitos, chocolates, suco, barrinhas, etc) e também itens que possibilitam que exercitemos nossa criatividade na cozinha, como leite condensado (de soja ou sem lactose), leite de arroz em pó, macarrão sem glúten, etc.

- Vem alguns produtos já bem consolidados no mercado, que fazem sucesso sempre e outros que são novidades. Realmente adorei o mix de empolgação ao ver dentro da caixinha alguns produtos que eu já amo e curiosidade ao querer provar cada item que eu não conhecia ou que já tinha ouvido falar mas não tinha testado ainda.

- Tem itens "gordice" e itens "fit". Eu sou uma pessoa bem flexível no quesito alimentação, então tento comer saudável na maior parte do tempo, mas acho que cometer alguns "pecados" alimentares de vez em quando não faz mal ao corpo, desde que sejam respeitados os limites de intolerâncias/alergias/restrições. Então ver produtos com essas duas pegadas misturados em uma caixinha que, teoricamente, vai durar o mês inteiro faz muito sentido pra mim.

Biscoito de beterraba e o Panetone escondido dentro da caixa
Resumindo, achei o mix de produtos de cada mês bem variado e equilibrado e gostei da constância entre os meses, pois embora mude os sabores e marcas, alguns itens sempre estão presentes como biscoito doce, biscoito salgado, barrinhas, algum doce/sobremesa e alguma bebida. Enfim, dá para planejar (mais ou menos) o uso da caixinha e ao mesmo tempo se surpreender com as novidades. 
Em dezembro teve até panetone sem glúten e sem leite!!! E estava delicioso...conseguem imaginar a alegria da pessoa aqui?!




Outra coisa que gostei muito foi a organização e riqueza de informações. Vem uma lista com todos os produtos que foram entregues e a classificação de cada um em relação a cada tipo de restrição alimentar: indica se contém ou não lactose, leite, glúten, ovos, soja e/ou açúcar. Como eu optei pela caixa sem lactose, há alguns produtos que contém leite, mas é possível pedir também totalmente sem leite e/ou derivados. É um resumão que é útil para conhecer melhor cada produto sem fazer muito esforço nem gastar muito tempo lendo cada rótulo.



Se você gostou da proposta e quer testar a Lacfree Box, mais uma boa notícia: tem promoção para os leitores do blog -- 15% de desconto na primeira caixinha! É só entrar no site e ao assinar usar o código promocional COMALEGRIA.

Alguns produtos que vieram aos longo dos 3 meses (outros eu esqueci de tirar foto antes de comer)

Abraço a todos!
;)


segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Bolo de Banana de Frigideira e "A Volta Dos Que Não Foram" =P

Oi Pessoal!

Depois de muito tempo sem post novo por aqui, estou retornando ao blog! Como a ausência foi longa, acho que a volta merece um post com explicação e receita, né.

Por alguns motivos pessoais, dentre eles o meu casamento (S2), mudança de trabalho e de apartamento eu optei por "congelar" o blog até que eu pudesse voltar a dar a ele a devida atenção. Só coloco "a volta dos que não foram" porque continuei colocando algumas atualizações e receitas no instagram (@semlactosecomalegria), inclusive essa que vos passo agora, e nunca tive intenção de abandonar de vez o blog, foi só um intervalo mesmo...então esse é um retorno de quem nunca se foi de verdade.

O legal é que nesse tempo eu aprendi muitas coisas e mudei, além de trabalho e de casa, de ideias e visões sobre o mundo, mas isso aos poucos eu vou falando aqui no blog. Por ora digo apenas que agora tenho uma cozinha grande, um cachorro em tempo parcial, continuo 100% sem lactose (afinal os resultados de não manter essa regra são sombrios) e voltei a consumir glúten esporadicamente, em pequenas quantidades -- meu corpo está aceitando quando não há excessos, yey! Enfim, é só pra dizer que provavelmente vai aparecer umas receita com glúten por aqui uma vez ou outra, mas não ser preocupem pois vai continuar tendo muita coisa gluten free e lactose nem pensar, viu!

Resumo da ausência concluído, vamos à parte que realmente interessa...o bolo de banana vapt-vupt em porção individual (ou talvez para 2, se não quiser chutar o balde) feito na frigideira. Essa receita é para quando bate aquela vontade de um bolinho delícia, mas reinam a preguiça e o peso na consciência de quem sabe que se fizer um bolo grande vai acabar comendo mais do que deve. 

Bolo de Banana de Frigideira



Ingredientes:
- 1 banana pequena ou média amassada
- 1 ovo
- 2 colheres de sopa de farinha de coco (usei o resíduo do leite de coco depois de secá-lo no forno)
- 2 colheres de sopa de quinoa (pode usar aveia também)
- 1 colher de sopa de goma de tapioca
- 1 colher de chá cheia de fermento químico em pó

Modo de Fazer:
Misture todos os ingredientes com exceção do fermento até que todos estejam bem incorporados. Acrescente o fermento e mexa mais um pouco.
Leve ao fogo bem baixo em um frigideira pequena* levemente untada e tampada. Deixe por aproximadamente 5 minutos, vire e deixe mais uns 3 minutos. O tempo pode variar um pouco dependendo do fogo, mas não tem muito erro...ficou firme o suficiente para virar, pode virar e deixar até o outro lado dourar também.



Fica pouco doce. Quem quiser mais docinho pode acrescentar um pouquinho de açúcar ou adoçante que preferir OU fazer a cobertura de chocolate que vem a seguir e tascar por cima. =D

*Eu uso uma hamburgueira, que são duas frigideiras bem pequeninas (do tamanho de um certinho de um hambúrguer de mesmo) que se acoplam uma na outra, o que facilita para virar, mas pode tranquilamente usar a frigideira tampada.



Cobertura de chocolate



Ingredientes: 

- 1 colher de sopa de cacau em pó
- 1 colher de sopa de açúcar
- 1 colher de sopa de óleo de coco
- 3 colheres de sopa de água

Modo de fazer:
Misturar todos os ingredientes e levar ao fogo em uma frigideira até abrir fervura e engrossar um pouquinho, sempre mexendo para não queimar.

Joga por cima do bolo e se joga em cima dos dois!







Para encerrar, só digo que é muito bom estar de volta por aqui.
=)

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Picolé Panetone

Oi Pessoal!!!

O Natal já está aqui...e o calor também! Então o que acham de sentir o sabor mais famoso do Natal em algo refrescante? Sim, picolé de panetone foi a solução que encontrei para resolver essa questão! Olhem só que fácil é a receita.


sábado, 19 de dezembro de 2015

Biscoitos Decorados (tema natalino)

Então é Natal...época de agradecer por todas as bençãos do ano, reunir a família e de celebrar com comidinhas especiais!

Esses biscoitos dão um toque especial à ocasião e são bem simples de fazer. Podem ser decorados com glacê real ou pasta americana ou só cortados em formatos temáticos bem bonitinhos, sem qualquer necessidade de decoração adicional.

Eu fiz uma fornada com tema de Natal para celebrar a data, mas a verdade é que essa é uma receita coringa, bem básica e neutra, que pode ser usada em qualquer ocasião.

O rendimento da massa varia muito com o tamanho e espessura dos biscoitos que forem feitos. Biscoitos finos ficam mais crocantes mas também mais frágeis e biscoitos mais grossos ficam um pouco mais macios.

Se você não tiver cortadores de biscoito, não se preocupe, você também pode cortar essa massa em retângulos e se deliciar com a receita! Nesse post mostrei uma outra massa cortada dessa forma.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Casando sem Lactose: Doces

Oi Pessoal,

A saga do casamento sem lactose continua e uma parte muito importante e esperada são os doces da festa. Normalmente bombons, trufas, brigadeiros gourmet, bem-casados, brownies e outras doçuras cheias de leite condensado, chocolate ao leite, creme de leite e manteiga ocupam seus devidos lugares na hora da sobremesa e os intolerantes à lactose ficam a ver navios nesse momento...mas não precisa ser assim! 

Estou com algumas ideias de doces para servir que tenho certeza que nem vão chamar atenção como "comida especial", até porque a maioria delas são doces comuns, que todos comem e gostam, o pulo do gato é garimpar as opções "naturalmente" sem lactose dentre os doces possíveis de serem servidos.


Mas não vai ter bombons e docinhos tradicionais no seu casamento? Claro que vai, gente! Até porque eu quero poder comer doces na minha festa, mas não preciso comer T-O-D-O-S, né! Os convidados poderão se deliciar com o que escolherem e haverá opções para todos os gostos.


Ainda não sei exatamente quais doces vou escolher, mas vou compartilhar com vocês o resultado do meu garimpo nesse mundo de açúcar, com itens que podem ficar tanto na mesa principal de doces/bolo, quanto numa mesa de café ou ser usado como lembrança:


Fonte: www.diariodaregiao.com.br

- Doces cristalizados: frutas cristalizadas estarão no meu casamento com certeza porque simplesmente AMO doce de figo, jaca, abacaxi, mamão e tudo mais que puder ser cristalizado. Eu sempre brinco com meu noivo que pode mudar tudo, mas do doce de jaca eu não abro mão! Tudo bem, jaca não é lá muito glamourosa, mas casamento é dia de celebrar o amor e sério...doce cristalizado é muito amor na minha vida! =P


quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Bolo de Festa (massa de Pão de Ló)

Olá Olá!

Semana passada foi meu aniversário e como é muito chato comemorar aniversário sem bolo, eu resolvi fazer meu próprio bolo 100% sem lactose e sem glúten.

Usei uma receita de massa de pão de ló que antigamente eu fazia com farinha de trigo, mas que se adaptou muito bem à mistura de farinhas sem glúten e para o recheio usei uma camada de mousse de chocolate (tem a receita aqui) e uma camada do doce de leite zero lactose da marca Bom Princípio (falei sobre ele aqui). Ainda teve uma calda de leite de coco para deixar a massa bem molhadinha e uma ganache de chocolate para cobrir. O resultado foi simplesmente delicioso! Todo mundo que comeu gostou, então vamos às receitas.



quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Mousse de Chocolate Fácil

Mousse de chocolate sempre foi uma das minhas sobremesas favoritas e quando eu descobri a IL pensava que seria algo que eu nunca mais comeria sem ter que lidar com os resultados desagradáveis, afinal todo aquele creme de leite e leite condensado não é o que podemos chamar de ingredientes ideais para um intolerante a lactose, não é mesmo?

Acontece que com um pouquinho de pesquisa descobri que as coisas mais gostosas da vida podem (e devem) ser simples! A verdade é que há uma receita tradicional e antiga de mousse de chocolate não tem todos esses derivados de leite, pois leva apenas dois ingredientes: chocolate e clara de ovo! O que quer dizer que só precisei escolher um bom chocolate que não contém lactose, e voilà...mousse perfeito, delicioso e totalmente seguro! Para que seja sem glúten, sem traços de leite, sem soja, sem açúcar e etc é só escolher um chocolate que atenda essas condições, pois o único ingrediente além do chocolate é o ovo. Eu usei o chocolate meio amargo da Harald Melken, que contém traços de leite, pois acho que tem um bom custo x benefício já que eu não tenho problemas com os traços, mas fica totalmente a critério de cada um usar seu chocolate favorito.

A receita dá para fazer até de olhos fechados de tão simples, mas há alguns cuidados que devem ser tomados para garantir a segurança alimentar, já que as claras entram cruas nessa receita. Bora parar de enrolar e fazer essa receita porque ela, sem dúvida, já entrou para a minha lista de favoritas.

Mousse de Chocolate Fácil